Educar …

Este final de semana fui surpreendido por duas frases:

  1. “Papai, você é o melhoooor pai do mundo, eu te amo muito, eu sempre te amarei …. mesmo que um dia você me batesse, eu sempre te amarei”

(temos um livro de um raposo e sua mãe, e no livro diz repetidamente “eu sempre te amarei”,  o raposo pergunta e se eu fosse assim, ou assado … a resposta sempre a mesma “eu sempre te amarei”)

 2. “Papai, eu acho que as vezes eu preciso que você grite comigo, para eu prestar atenção e saber que você realmente esta bravo comigo”

++++++++++++++++++++++++++++++++++

Por onde eu começo ?

Que mundinho de merda é este que pré programa as crianças para idolatrarem os adultos? Eu vou cometer erros sim (já faço) , eu vou ficar puto sim (já fico), mas vou, quando muito, quebrar um prato, um copo ou socar a parede (no limite! até agora não foram nenhum copo, nenhum prato e nenhuma parede – pq depois sou eu quem tem que limpar a merda toda!). Normalmente eu sento e respiro fundo (muuuito fundo).

E que merda é uma criança de 5 anos, se “acostumar” com outros adultos gritando, e dizer que se você estiver puto, mas falando calmamente e tentando explicar a coisa, ela não sabe que você esta puto. “Filho, eu estou muito chateado/bravo”, com voz normal não é assimilado, tem que ser um “CARALHO! PARA AGORAAAA!”  ?

++++++++++++++++++++++++++++++++++

Hoje de manha (na mesa da cozinha) …

Acordamos, fui fazer a vitamina. Camarada vem pra mesa, nota que tinha quase tudo, menos pratos. Levanta da cadeira dele, pega um prato (pra ele), e eu terminando de fazer o suco, digo: “filho, tem algo faltando na mesa?” , ele olha e diz “não”.

Eu pergunto “você pode pegar um prato pra mim, você foi pegar o seu e não olhou pra ver se tinha um pra mim”

Ele: “não, eu não quero fazer isto sempre”

Peguei o meu pão na torradeira e comecei a passar o mel. Ele olha pra mim e diz: “meu pão papai”

Resposta: “esta aí na sua frente, pode pegar você mesmo”

Ele: ” buááááááááááááááááaá”

Eu: ” filho, não estou entendendo, o pão está na sua frente”

Ele enfiando a mão no saco: “eu não sei …. cortar” (mas tirando uma metade já cortada do saco).

Dai ele olha pra mesa e pergunta: “onde esta o mel?”

Eu: “no armário” ( já tinha passado no meu pão e guardado de volta)

Ele levanta da mesa pra pegar o mel. Eu me sirvo de geleia e guardo na geladeira.

Os dois comendo em silencio. Ele termina o pão dele de mel, pega outro pao do saco, digo como ele mesmo pode cortar, corta e procura a geleia. Eu digo: “está na geladeira”

Ele levanta da cadeira pra pegar a geleia.

Ele olha pra mim e diz: “você já esta no seu último pão. ”

Eu respondo: “sim, quando eu faco as coisas apenas pra mim, termino mais rápido. E quando eu terminar vou levantar e vamos escovar os dentes e ir pra escola, você tem café da manha lá também.”

Ele: “buáááaááááááá”

Eu fui pro banheiro, ele veio atras. Ele decide virar o cesto de roupa suja no chão.

Eu abaixei da altura dele e disse: “filho, gentileza gera gentileza. Tem família que acorda correndo e brigando. Eu tenho hora pra chegar no trabalho, mas eu não fico botando pressão de manha cedo. Não grito, não saio te puxando.” “desvira o cesto, termina de comer seu pão de geleia, arruma toda a mesa, se veste que eu já estou pronto pra sair”.

Lá foi ele, comeu o 2o pão (o 3o e mais gostoso, não deu tempo), escovou os dentes, e se vestiu. Descemos a escada, dei um mega abraco e disse: “gentileza gera gentileza”.

Chegando no ônibus, conseguimos sentar, mas olho pra trás, um menino de uns 8 anos com patinete. Dei lugar pra ele sentar, fiquei em pé na frente do meu filho. Abaixei na altura dele e disse: “gentileza gera gentileza, o menino também é criança, eu deixo ele se sentar.”

O menino saiu do ônibus, sentei do lado dele, próximo ponto uma mãe com a filha, dei meu assento, adivinha o que falei pro meu filho ? “gentileza gera gentileza”

E fomos na boa pra escola.

++++++++++++++++++++++++++++++++++

Se eu apenas tivesse dito que não é legal ele pegar o prato pra ele e não pra mim teria funcionado ? teria tido o mesmo efeito ? é maldade ter feito ele levantar 2x pra pegar as coisas ? sim, ele chorou, por conta de uma ação minha, feio ?

Tem regra, tem limite, mas tem muita respiração …. muuuuita respiração.

Pai é pai.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s