Meu maior desafio este ano ….

Meu maior desafio este ano …. festa de aniversario …. passei a semana inteira tenso … fazer o dia dele, com ele, especial, foi fácil. Me sentir responsável por entreter 6 crianças ( que viraram 7), mais difícil do que uma entrevista de emprego.

Ao contrario da tradição alemã, onde os pais deixam as crianças, 2 crianças ficaram “sozinhas”, e tive co-participação de 4 adultos.

A unica hora que estava cuidando do salgadinhos e o forno, um incidente. Mas acho que aprendi a olhar pras outras luzes funcionando na arvore de natal e não surtar por uma falhar …

Agora meu homem aranha tem um monte de novos brinquedos pra explorar …

 

++++++++++

 

O dia começou as 05:05 ( adoro quando horas e minutos batem ), mas quando ele entrou e eu olhei as horas estava escuro, eu já disse: ” pode subir aqui na cama, mas vamos dormir mais”

Ele queria conchinha, pq o lado da cama estava frio, então fiquei um tempo abracado com ele, até o edredon de solteiro e o lado da cama ficarem quente e cada um virou pro seu lado …

Felizmente conseguimos dormir até 7:34 !

Uma amiga tinha passado a noite no hospital com a avó, e hoje de manha quando liguei o celular tinha uma mensagem dela dizendo que a avó faleceu.

Troquei umas mensagens com ela, lembrando do privilegio que ela teve de estar nos últimos momentos com a avó. Acho que uma morte “de uma hora pra outra” seja talvez “interessante”, mas quando vem mais devagar, demora “uns dias” seja mais “suave”.

Quando fui pra cozinha fazer o suco, meu filho se lembrou da reunião que tivemos na escola dele.

Eu contei pras professoras tudo o que ele faz em casa: liga a maquina de lavar roupa, de lavar louca, ajuda a guardar os pratos, talheres e copos dele ( ficam na parte baixa dos armários da cozinha) , guarda a roupa dele…

Elas disseram que uma menina da escola, com 6 anos, no final de semana, faz a mesa do café da manha. Hoje, então, ele colocou tudo na mesa, enquanto eu fazia a vitamina.

O tempo hoje foi bem doido. Choveu granizo, fez Sol, choveu granizo de novo, fez Sol de novo. Mas na hora que as pessoas chegaram, na caça ao tesouro e no final estava firme.

Terminei de arrumar as coisas e esperamos o pessoal chegar.

Os brasileiros chegaram mais cedo do que os alemães… e logo, logo quando já estavam todos aqui em casa, e as crianças já estavam começando a tocar o terror, chegou a surpresa.

Tipo, eu costuro, cozinho, planto bananeira, mas pedi arrego. Das 3 horas que seriam a festa ( sim, aqui na Alemanha, tem hora pra começar e acabar), contratei por 1 hora uma animação de baloes.

Ela chegou, pôs a mulecada sentada, fez palhaçada, pediu instrução de como encher o balão, dai soltava o balão, as crianças querendo explicar como enchia e que tinha que dar um nó no balão, ela dava um nó em outro balão e soltava o que tinha enchido, óbvio saia voando.

Quando as crianças estavam quase tomando os baloes dela, ela decidiu então fazer os baloes… meu filho pediu um homem aranha ( a festa tinha como tema super heróis e super heroínas ), ele vestido de homem aranha. Demorou um tempo, as crianças dizendo que ela estava fazendo errado … mas eis que conseguiram ver as pernas … o corpo e o homem aranha.

Acho que os adultos ficaram mais impressionados do que as crianças, mas ok. 😉

Daí os pais e mães ganharam uma tarefa ( foi esperta ela, não iria segurar a turma pra fazer um balão pra cada … ), fizemos um balão que era um cachorro, com um rabo grande, que as crianças puxavam e pulava no ar…

Foi chegando perto do horário do almoço, eu fui pra cozinha esquentar os salgadinhos. Ela ainda fez uma figura pra cada criança (nada tao elaborado quanto o homem aranha), pus uma toalha de mesa de plastico no chão e todo mundo comeu.

Dai fomos comer o bolo ( 4 lados, homem aranha, mulher maravilha, batman e mulher gatA ( meu filho sempre chamou de mulher gata, e faz todo sentido … existe a palavra gata, pq diabos chamam de mulher gato ???)). As meninas escolheram as super heroínas, os meninos os super heróis, e tudo bem a intenção é ter equidade e deixar cada um escolher o seu pedaço de bolo. Quando acabaram os pratos do star wars, os meninos comeram no prato do pequeno poney e Elsa.

Como é tradição na Alemanha, uma pessoa fez setas no chão, pra guiar as crianças no caca ao tesouro. Saímos todos e fomos pro parquinho aqui do condomínio (aberto) , aquele que ajudamos a limpar no mutirão no outro dia.

Ufa, tanta energia, já tinham ficado sentados por quase 40 minutos vendo alguém encher balão, então correr e subir e escalar e girar foi muito bem vindo.

E assim passaram as 3 horas, os adultos que deixaram as crianças ( normalmente nas festas aqui é assim,  adulto chega na hora marcada, deixa o filho e volta pra pegar na hora marcada pra terminar a festa ) vieram buscar. E quem ficou também foi pra sua respectiva casa.

Agora ele dorme e eu me recupero ouvindo musica zen de meditação.

Ainda bem que alguns adultos ficaram. Eu me dou bem com a tropa sênior (15-18 anos), até fui chefe da tropa escoteira (11-14), mas 7 crianças entre 4-6 anos….. meu total respeito pras educadoras.

Mas valeu a pena, ele com certeza acumulou lembranças felizes.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s