o dia-a-dia …

uma coisa que nunca vou me acostumar é com péssimo planejamento das pessoas que leva a falta de compromisso e/ou atraso.

Logo que nos mudamos pra Alemanha, tentei vender uma maquina de lavar e uma geladeira, um preço super barato. Uma mulher se interessou e marcou 14 horas pra vir ver/buscar.

14:01 no meu celular chega uma mensagem dizendo que ela não poderia vir. A minha cabeça pira: você percebeu 1 minuto depois do combinado que não poderia vir ? Mas você já sabia 30-60 minutos antes, uma vez que este seria o tempo de você se locomover.

Óbvio que shit happens. Aceito estas.

Hoje me jogaram uma bola torta. “oi, hoje eu deveria ir, mas não vou hoje e não vou nunca mais”. Você descobriu hoje ???

Sorte a minha que meu ascendente é em Aries e não Capricórnio ( passei 10 anos observando como era difícil se re-adaptar depois de um plano feito, mesmo que o novo fosse (ou pudesse ser) melhor).

Lembrei que no facebook uma pessoa tinha se oferecido para trabalhos. Mandei uma mensagem: você cozinha seguindo receita ? “sim”.

No meio do meu Áries, me esqueço do mundo onde vivemos. Tipo, pergunto se ela fica aqui por muito tempo e se ela pode ir lá em casa cozinhar e no sábado fazer um teste de babá (estamos precisando de um backup) .

A resposta vem: “podemos nos encontrar num café?”

Eu: “sim” ( mas pensando, qual a dificuldade de me responder as perguntas diretas que eu fiz ? )

Ela: ” tipo as 18 hs ?”

Eu (que já tinha falado que sou pai solo, quase desistindo): ” as 18 estou em casa com meu filho, tem que ser entre 9 am e 3 pm ”

Ela: “então agora no café X onde meu namorado trabalha”

Eu ( finalmente caindo a ficha, de que ela, uma mulher, não iria assim na casa de um homem por causa do mundo onde vivemos ) : ” certo, estou indo lá”

Sentamos e a conversa pra mim é uma daquelas surreais:

Ela: “o que o senhor precisa”

Eu: “senhor esta no céu” ( depois ela me disse que tem 27 anos, me chamar de senhor ?!?! logo eu que uso o “du” no trabalho aqui na Alemanha ?) ” eu preciso de alguém pra cozinhar e um backup pra baba”

 

 

papo continua …. depois…

Ela: “mas você trouxe seu filho pra Alemanha?”

Eu: “sim” ( verdade , né ? nasceu no Brasil e eu decidi traze-lo pra Alemanha )

Ela: “mas tadinho, não ficou com a mãe? ”

Eu ( será que um dia ainda vou me acostumar?) : ” a mãe morreu , a única opção é ficar comigo”

Tipo, se eu dou uma destas, ia dizer “sinto muito” e bola pra frente

Ela: ” sinto muito, deve ser triste, faz tempo?”

Respirando fundo ….

Eu: ” é a única certeza que temos, nascemos, um dia vamos morrer ”

Ela ainda fez mais comentários….

…enfim, aqui é assim, recebida bola torta e arrumada uma solução em menos de 2 horas. E se não tivesse rolado ia eu fazer a comida.

O Universo respira, vive, se transforma … nós também.

 

 

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s