Comentários sobre filhxs folgadxs

Recentemente fomos ao Brasil, pra quem já esqueceu moramos na Alemanha.

Longe de passar pela minha cabeça que existe um lugar perfeito, quero apenas comentar algo.

Aqui desde cedo nas escolinhas, as crianças aprendem a ser mais autônomas. Exemplos:

– com menos de 2 anos, as crianças chegam com chupeta na escola, e precisam tirar pra entrar na sala.

– escovam os dentes sozinhas

– comem sozinhas ( no brasil , as cuidadoras sentavam todas as crianças no cadeirão e davam papinha na boca de todas ), aqui poe a comida no prato e é cada um por si. Ok, minha mãe foi voluntária em um EMEI e contou que lá também é cada um por si. A comparação seria válida apenas entre mesma classe econômica-social.

Outra coisa muito importante, as crianças se vestem sozinhas. Tem “truque” pra colocar o casaco ( aqui tem inverno, tem roupa pra caramba pra vestir e despir ).

E na verdade onde queria chegar é na mãe e no pai. Na correria do dia-a-dia, no privar seu/sua filhx de aprender.

De manha cedo, claro que é mais rápido vestir a criatura. Quando pega na escola também. O esforço de dar a oportunidade da pessoa de aprender é nosso papel, como adultos responsáveis ( mãe, pai, padrasto, madrasta, avós, etc, etc, etc).

Aqui em casa o camarada escova o dente pelo menos 3x ao dia, a noite, antes de dormir eu escovo ( quero garantir a qualidade do serviço!) , mas eu escovo depois dele ter escovado ! ahhhhh, sim, ele escova sempre os dentes. São os dentes dele! É o corpo dele, ele tem que aprender de cedo que ele precisa se limpar.

Eu dou banho, garantir a qualidade do serviço, mas ele pega o sabonete e se lava também. Principalmente pra se preparar pra dormir na casa de outras pessoas, mesmo parentes.

A escola aqui ajuda, sair todos os dias, ir ao parque, pegar transporte publico, ir ao museu com 3, 4, 5 anos.

A cena até choca no começo, o responsável chega e “joga” a peca unica de neve no chão. A criança senta no lugar certo, poe as pernas, busca os braços, e fica de pé e quando muito rola uma ajuda no zipper que vem do joelho ate o pescoço. É assim que as 15 crianças fazem quando vai sair, é assim com o casaco também, poe no chão, senta na pontinha, acha os braços,  e se veste sozinho.

Hoje de manha foi “engraçado” , ele já acordou antes de eu tomar banho, eu prefiro acordar ele quando vou fazer o suco. Mas tomei banho com o tagarela já na minha orelha. Ele acorda ainda meio sonado e tal, tudo bem, eu pus a mesa, fiz o suco. Quando termina ele coloca o prato, faca, copo dele na maquina de lavar e o guardanapo no lixo.

Mas ontem comprei um suco de maracujá que adoramos, mas não tem no supermercado que vou sempre. Hoje tomamos a vitamina ( eu lavo meu copo e tomo suco no mesmo ), mas sentado na mesa da cozinha era mais fácil pra mim virar e pegar um copo novo pra ele. O formoso vira e fala: eu vou por o meu copo de vitamina, mas não o do suco, já que foi você quem pegou.

Falei: bonitão, eu pus tudo na mesa, mas bem lembrado, você me deu uma idéia, eu vou por a mesa todos os dias, e você vai tirar, não só as suas coisas, mas as minhas também, pode por meu prato, meu copo e minha faca na maquina também.

Fez bico, eu expliquei a lógica, somos só nos dois e eu ponho, ele tira. Eu faco a vitamina, eu faco muito mais coisa ( beneficio de ser adulto ). Pronto, fez charme, mas arrumou tudo. Sem grito, sem ameaça, na boa, na conversa.

Longe de ser exploração do trabalho infantil, mas dando a chance dele aprender.

O que acham ?

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s